31 de agosto de 2009

glosa



As palavras que dizes dançam dentro do sonho
António Ramos Rosa


Deixas as palavras à mercê dos ventos
e dos sons
palavras que na tua boca arrumas
incrédula

palavras que escondes em teu olhar risonho:
mas as palavras (que não dizes)
dançam dentro do sonho.

Enviar um comentário